Itapema tem o maior crescimento imobiliário do Brasil no último ano

O mercado está muito favorável para o setor imobiliário. Mesmo em época de pandemia, o segmento manteve-se forte e ainda gerou um crescimento para diversas cidades brasileiras. O litoral catarinense recebeu grande destaque, principalmente com Itapema, que ocupou a primeira posição no ranking. Com um crescimento de 18% em relação aos últimos 12 meses do ano, a cidade litorânea está se expandindo em decorrência de sua localização geográfica privilegiada e por conta de sua vida noturna, gastronomia e, principalmente, pontos turísticos.

Neste artigo, iremos te contar as cidades que tiveram o maior crescimento imobiliário do Brasil no último ano. Confira:

Valorização de imóveis no Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), os lançamentos imobiliários cresceram cerca de 39% e as vendas de imóveis novos avançaram 21% no primeiro trimestre de 2021, em comparação com os mesmos meses de 2020. O Índice FipeZap, que acompanha os preços de anúncios na internet, divulgou que nos últimos 12 meses, o valor de venda do metro quadrado em apartamentos residenciais aumentou 4,36%. Esse valor é uma média do Brasil inteiro; no entanto, algumas cidades acabam se destacando mais do que as outras.

Crescimento imobiliário de Itapema

De acordo com essa pesquisa da FipeZap, a cidade de Itapema foi a que mais cresceu no quesito de valorização imobiliária. Nos últimos 12 meses, houve um aumento de 18%, tornando-se o maior município entre os 50 que foram incluídos. Segundo Sergio Luiz dos Santos, presidente da Secovi (sindicato da habitação), a valorização do metro quadrado começou a crescer de acordo com os preços dos condomínios e clubes, que são empreendimentos novos na cidade, voltados ao lazer e à comodidade. Dessa forma, o imóvel de maior oferta acaba puxando os preços de outros empreendimentos para cima.

Outro motivo é a falta de terrenos em Balneário Camboriú, cidade vizinha de Itapema. O município também teve um índice alto de crescimento imobiliário (cerca de 8%, ocupando a 10ª posição no ranking). Há muitos anos, a cidade recebeu os lançamentos mais sofisticados e inovadores da região, inclusive alguns dos edifícios mais altos do Brasil se encontram lá, como o Yachthouse by Pininfarina, que possui duas torres de 81 andares cada. Dessa forma, o mercado imobiliário começou a dar uma atenção especial a Itapema, pois está há aproximadamente 20 minutos do centro de Balneário Camboriú.

Santa Catarina recebe destaque

Além do litoral catarinense, outras cidades também conseguiram um lugar muito bom no ranking. É o caso de Itajaí (3º lugar), São José (6º lugar) e Joinville (11º lugar). Em 9º lugar ficou Florianópolis, capital catarinense localizada no litoral, porém, a cidade já conquistou colocações maiores nos outros anos, o que acaba não sendo um ponto tão positivo para o município.

Segundo Santos, o estado catarinense acaba ficando em uma posição bastante estratégica do país: está no meio dos 750 km entre Curitiba e Porto Alegre, o que significa que é uma oportunidade muito grande para atrair investidores paranaenses, gaúchos e até paulistas.

Constância na região sudeste

Nesse ranking, os maiores mercados, que são Rio de Janeiro e São Paulo, ficaram fora da lista. Isso porque as cidades menos tradicionais no mercado imobiliário possuíam imóveis mais baratos, mas agora estão em uma crescente recuperação. São Paulo, por exemplo, apresenta constância em seu crescimento, ficando com um aumento de 4% a 5% a cada ano.

Está interessado em morar ou investir em Itapema? Clique aqui e conheça o Sunny Coast, futuro lançamento frente mar em Itapema.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp

Central de Vendas - (47) 3268-6086

empresas parceiras

Copyright © 2021 – All Rights Reserved – J.A. Russi Construtora e Incorporadora

Shopping Basket