Cores: dicas e inspirações para combinar a decoração da sua casa

A combinação de cores é uma tarefa que para muitos pode ser bastante animadora e divertida, mas sem dúvida alguma é um desafio pra lá de grande e que persegue quem ama decorar a casa. Afinal, as cores ajudam muito o ambiente a ficar mais harmonioso e cheio de personalidade, porém a combinação errada delas pode deixar o lugar desconexo e nada elegante, além de passar uma comunicação errada para os visitantes e até mesmo moradores.
Muito além de materiais e formas, as cores são elementos fundamentais para você chegar a uma decoração de sucesso no seu lar. Sendo assim, selecionamos algumas dicas e inspirações para você combinar a decoração da sua casa na escolha das cores ideais. Vem conferir com a gente!

Por que você deve combinar cores?
Basicamente, as cores têm um papel muito importante na decoração, pois estão intrinsecamente relacionadas com os vários sentimentos que desejamos transmitir no ambiente. Utilizar um espaço bem decorado e com uma escolha perfeita de coloração proporciona sentimentos prazerosos no cotidiano, transmitindo tranquilidade e aconchego, além de influenciar de forma positiva nossas sensações.
Além disso, de forma funcional, uma combinação de cores de sucesso consegue solucionar alguns problemas no espaço, como dar a ilusão de que o ambiente é mais iluminado ou até maior do que ele realmente é, ajudando na sensação de amplitude. E do contrário, uma escolha ruim de cores pode causar efeitos negativos para o espaço. Confira, agora, algumas dicas.


Aprenda o círculo cromático
Um instrumento muito necessário e que irá te ajudar nessa tarefa de combinar as cores da sua casa é o círculo cromático. Dividida em 12 porções, o círculo cromático possui 3 cores primárias, 3 secundárias e 6 terciárias, onde as relações diretas e indiretas desses elementos geram para você uma paleta de cor ideal e sem erro. É com esse artifício que você vai conseguir harmonizar as cores e saber qual cor combina ou não combina com a outra.
Para entender rapidamente o círculo cromático: as cores primárias são azul, vermelho e amarelo, porque são elas que dão origem a todas as outras cores. Já as cores secundárias surgem da combinação das primárias, como verde (azul e amarelo), o laranja (vermelho e amarelo), e o violeta (vermelho e azul).
E por último mas não menos importante, as cores terciárias são criadas a partir da combinação entre as cores primárias e as cores secundárias. É assim que formamos o verde limão (verde e amarelo) e o turquesa (azul e verde).


 
O estilo monocromático
Sendo a mais famosa entre os decoradores, a combinação monocromática tem como diretriz a utilização e escolha de apenas uma cor do círculo cromático. Mesmo parecendo limitante demais, pode e deve se utilizar suas várias tonalidades, assim compondo o ambiente com o famoso tom sobre tom. Essa escolha monocromática pode proporcionar e realçar a sensação de um ambiente uniforme e harmonioso. É ideal para quem não quer arriscar em ousar demais na decoração.

Um exemplo é você utilizar uma paleta somente com tons azuis, como azul marinho, azul cobalto, azul celeste, azul bebê, e por aí vai. O mais importante é ter em mente o que você quer comunicar com determinado cômodo da sua casa e quais os sentimentos que você quer trazer com ele.
 
A combinação de cores análogas
Para quem quer arriscar um pouco mais na decoração, uma ótima escolha é a combinação de cores análogas. Basicamente, a relação dessas cores aparece de forma sequencial no círculo cromático, ou seja, uma do lado da outra. Geralmente são de 2 até 5 cores escolhidas, mas o mais indicado é que sejam de até 3 cores. Exemplo: optando pela cor laranja como uma das cores da decoração, agrega-se o vermelho e o amarelo, completando assim a combinação análoga de forma segura.
 
Um dos grandes benefícios dessa escolha de decoração, além da personalidade e ousadia, é a sensação de uma continuidade harmoniosa. Esse esquema de cores análogas é bastante indicado para decorações que querem um efeito de degradê no ambiente.

Decoração com cores complementares
Outra dica é utilizar cores complementares para decorar ambientes. Como indica o nome, uma cor complementar é aquela que se encontra diante de outra cor. Ao olhar o círculo cromático, você verá que a cor vermelha está na frente da cor verde. Assim como o roxo está diante do amarelo e o azul escuro diante do laranja.

A combinação de cores complementares, por mais que seja uma escolha a princípio inusitada, pode trazer resultados ousados, contrastantes e que estejam de acordo com a personalidade do ambiente. Se você não quiser, não precisa trabalhar com cores vibrantes: lembre-se que existem tons mais claros e escuros nas paletas, mais foscos e mais discretos para você utilizar.

Outras combinações utilizando o círculo
Além das combinações de cores monocromáticas, análogas e complementares, existem outras formas de você montar sua própria paleta. É possível desenhar formas geométricas em cima do círculo cromático e selecionar as cores que são apontadas em cada aresta. A tríade, por exemplo, é composta por três cores que formam um triângulo nesse círculo, como o roxo, verde e laranja. Já o quadrado, utiliza quatro cantos opostos para formar uma paleta; e o retângulo utiliza cores próximas e opostas.

Estas foram as nossas dicas e inspirações de cores para combinar a decoração da sua casa. Nós esperamos que você tenha aprendido melhor sobre como funciona o círculo cromático e, dessa forma, como as cores podem ser combinadas a favor dos ambientes. Quer ler mais conteúdos como este? Então fique de olho em nosso blog. Até a próxima!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp

Central de Vendas (47) 3268-6086

empresas parceiras

Copyright © 2021 – All Rights Reserved – J.A. Russi Construtora e Incorporadora – Web Development Rafaga Studio

Shopping Basket